sábado, 18 de fevereiro de 2012

Pré Olímpico de saltos


Semana que vem começa o pré olímpico de Saltos Ornamentais. A competição é válida também como evento teste do Complexo Aquático e dá as últimas vagas para Londres. O Brasil vai com cinco atletas, todos que conseguiram índices: Juliana Veloso, Cesar Castro, Hugo Parisi, Cassius Duran e Andressa Mendes.

Como eu já falei algumas vezes aqui, mais do mesmo, como sempre. Juliana e Cassius tentam vaga em sua quarta Olimpíada, Hugo e Cesar na terceira. Andressa é o novo nome. Realmente muito novo nome, com apenas 14 anos, é a esperança do futuro.
A competição dá 18 vagas em cada uma das provas individuais- Trampolim e plataforma no masculino e feminino. Como os 12 primeiros do último mundial já estão classificados para Londres, muitas posições serão herdadas, podendo até o 30º colocado na Copa carimbar o passaporte para Olimpíada.

O regulamento da competição prevê uma primeira fase com todos saltando, depois 18 passam para semi e 12 para a final, numa previa do que acontecerá na Olimpíada. Os que não ficarem entre os 18 farão uma espécie de repescagem no último dia para definir os demais classificados.

Acredito que Cesar, Hugo,Juliana e Cassius consigam a vaga olímpica sem grandes problemas. Cesar foi quinto no mundial de 2009 e,depois de um mundial ruim ano passado, se recuperou no Pan, foi bronze com uma pontuação que o deixaria próximo de uma final no mundial. Hugo Parisi foi 15º no último mundial, na teoria é o terceiro entre os que não tem vaga olímpica, o que o coloca também como favorito a ir para Londres.

Juliana e Cassius tem um caminho um pouco mais complicado, mas também devem ir a Olimpíada sem maiores problemas. Os dois são os mais experientes da delegação, estiveram nas últimas três Olimpíadas, mas não estão em boa fase. Juliana não disputou o último mundial pois estava machucada mas no Pan fez uma pontuação que a colocaria entre as 18 melhores do mundial.

Já Cassius não foi ao Pan nem ao mundial, ainda luta contra uma lesão na coluna mas deve se classificar. Briga com 43 atletas por 18 vagas, sendo que 11 deles já estão em Londres. Ou seja, são 35 atletas para 18 vagas.

Por fim, a atleta que mais terá dificuldades para se classificar, Andressa Mendes. Na plataforma feminina, são 38 participantes na Copa do Mundo, 10 delas já com vaga olímpica. Ou seja, ela disputa com 28 atletas 18 vagas olímpicas. Andressa é a mais jovem atleta na disputa, acho que se repetir a pontuação do Pan, quando fez 279, consegue a vaga.

Como já escrevi aqui algumas vezes, o saltos ornamentais brasileiro precisa se renovar. Andressa é o primeiro passo para mudar o quarteto de sempre- Hugo,Cassius,Cesar e Juliana.

Siga o blog no twitter: @brasilemlondres

Um comentário:

  1. "Andressa é o primeiro passo para mudar", tbm acredito.

    ResponderExcluir