quinta-feira, 28 de junho de 2012

Boxe

A Aiba divulgou a lista dos 286 boxeadores que vão aos Jogos Olímpicos de Londres e, segundo o ranking mundial desse mês, o Brasil terá três cabeças-de-chave na Olimpíada.

 Não li em nenhum lugar que o ranking desse mês será utilizado como base para os cabeças-de-chave, mas para Pequim o mês anterior aos Jogos(julho) definiu as chaves. Então, acho muito provável que os cabeças sejam definidos por esse ranking mesmo.

O fato mais importante é que Adriana Araujo, quinta colocada no ranking mundial, deve sair como cabeça 4 da competição, já que a turca Gulsun Tatar, terceira na classificação, não conseguiu vaga para Olimpíada.
Saindo como cabeça 4, Adriana não só se livra das principais adversárias até a semifinal, como estrearia já nas quartas-de-final, precisando de apenas uma vitória para conquistar uma medalha.

Já disse aqui que acho um absurdo uma chave olímpica ter apenas 12 atletas. Teremos muitos medalhistas em Londres precisando vencer apenas um combate para chegar ao pódio, o que pode ser que desvalorize uma medalha conquistada. O ideal seriam 16 atletas aí todas que conquistarem medalha precisariam de ao menos duas vitórias.

Outro que "herdaria" uma vaga de cabeça-de-chave é Myke Carvalho, quinto do ranking na categoria até 69kg. O húngaro Imre Backsai, terceiro da classificação, não vai a Londres, o que faz com que o brasileiro "suba" para quarto e vá como último dos cabeças-de-chave.
No mundial do ano passado, Myke era cabeça-de-chave número dois da competição, mas foi desclassificado logo na estreia, por golpe baixo.

Quem não precisou de nada disso foi Everton Lopes, atual campeão mundial da categoria até 64kg. Ele é terceiro do ranking e fugirá dos principais atletas até as semifinais.

Porém, é bom lembrar que o ranking mundial de boxe não é tão rígido, principalmente pelo fato de termos pouquíssimas competições que valem pontos. Nem sempre os quatro principais boxeadores estão nas quatro primeiras posições, mas devem ser assim que serão definidos os cabeças.

Vamos esperar as chaves...E vamos aguardar se REALMENTE o ranking mundial que valerá como definição dos cabeças.

Siga o blog no twitter: @brasilemlondres

Um comentário:

  1. Fabio Piza - Binhão2 de julho de 2012 16:01

    Concordo com suas observações, ainda mais sendo uma luta de boxe, não pode ter essa desvantagem de lutadores com apenas uma luta ganhar uma medalha com tanto peso como das Olimpíadas. Precisamos de mais lutadores e de uma organização melhor para não ter essas diferenças e fazer com que as disputas fiquem mais emocionantes e disputadas por igual.
    Obrigado pelas informações e parabéns pelas matérias.

    ResponderExcluir