terça-feira, 7 de junho de 2011

Quantas medalhas teremos em Londres?

Faltam mais de 400 dias para os Jogos Olímpicos de Londres. Muito tempo. E muita coisa pode mudar até lá. O esporte é imprevisível e tudo pode acontecer. Porém, dá para ter uma ideia de quantas medalhas o Brasil poderá ter na próxima Olimpíada.


Podemos dividir a delegação brasileira em quatro grupos:
- Os favoritos ao pódio
- Os candidatos ao pódio
- Os que podem surpreender e subir ao pódio
- Os que praticamente não tem chances de medalhas

Muito pode se discutir até chegar um consenso de quantos favoritos ao pódio o Brasil teria caso a Olimpíada fosse hoje. Mas na minha opinião seriam 17 as medalhas nas quais o Brasil é favorito absoluto.
-1 no atletismo
- 2 no futebol
-4 no judô
- 2 na natação
- 1 no taekwondo
- 1 na vela
- 2 no vôlei
- 4 no vôlei de praia

Também tem muito a se discutir, mas na minha opinião o Brasil teria 25 candidatos ao pódio. O que são os candidatos ao pódio? São aqueles que sempre estão entre os 5, 6 primeiros nas principais competições, mas ainda precisam subir um "degrau" para abocanhar uma medalha.

- 4 no atletismo
- 1 no boxe
- 1 na canoagem
- 2 na ginástica
- 2 no hipismo
- 4 no judô
- 4 na natação
- 2 nas maratonas aquáticas
- 1 no pentatlo moderno
- 1 nos saltos ornamentais
- 1 no taekwondo
- 2 na vela

Outros muitos são os que podem surpreender. Quem pode surpreender é aquele que conquistou um ou dois bons resultados nesse ciclo olímpico, mas falta ter uma regularidade. É aquele que a gente pode pensar: "Vai saber, se ele tiver no dia dele na Olimpíada, ele pode ganhar a medalha".
Claro, mais uma vez muito se discutirá sobre o assunto, mas eis minha opinião:

- 1 no atletismo
- 1 no basquete
- 2 no boxe
- 1 na canoagem
- 1 no hipismo
- 4 no judô
- 1 na luta
- 2 na natação
- 1 no taekwondo
- 1 no tênis
- 1 no tiro
- 2 na vela

Se somarmos todos esses números, chegaremos a 60. Claro que o Brasil não vai conquistar 60 medalhas. Aliás, não vai chegar nem perto desse número. Mas podemos dizer que são cerca de 60 as chances de medalha do Brasil. No restante das provas, os brasileiros lutarão por resultados melhores do que em outras Olimpíadas, lutarão por vagas entre os 30 melhores, entre os 20 melhores, entre os 10 melhores. Enfim, os outros terão cada um seu objetivo em Londres, mas as chances de medalhas são realmente muito pequenas. (Não vou dizer que a chance é zero, porque tudo pode acontecer, mas...).

Vamos fazer uma reflexão. Em Pequim-2008, conquistamos 15 medalhas. Se formos dividir essas medalhas na divisão acima, teríamos, na minha opinião:
- 10 favoritos ao pódio
- 3 candidatos ao pódio (Cesar Cielo(100m), Natália Falavigna e Maurren Maggi)
- 2 que poderiam surpreender (Ketleyin Quadros e 470 feminino)

Na ocasião, lembro que chegamos com 15 "favoritos ao pódio" e, mesmo com algumas decepções(Diego Hipólito, vôlei de praia feminino, João Derly,Luciano Correa e Bimba) o Brasil conquistou 15 medalhas. Um terço dos favoritos não subiram ao pódio, mas um sexto dos "candidatos" e dos que "podem surpreender" ganharam medalha.

Para concluir: O Brasil deve conquistar entre 15 e 20 medalhas em Londres. Na verdade apostaria em 17, que é o número de "favoritos". Mas, como sempre, alguns desses favoritos não vão ganhar. E alguns dos "candidatos" e dos que "podem surpreender" vão ficar entre os três primeiros.

Repito, 400 dias é muita coisa. Mais de um ano. Até lá, a maioria das modalidades terá um Campeonato Mundial. Mas, apesar de toda imprevisibilidade do esporte, sabemos quem tem e quem não tem chances de pódio.

Siga o blog no twitter: @brasilemlondres

14 comentários:

  1. Chances reais de ouro
    Volei masculino e feminino, futebol masculino e feminino, Cielo nos 50 livres, Robert e Bruno Prada, Larissa e Juliana,

    Chances de prata e bronze- Fabiana Murer e Maurren Maggi no atletismo, Leandro Guilheiro e Sarah Menezes no judô

    Podem medalhar- Thiago Pereira no nado medley, Maria Elisa e Talita, Emanuel e Alison no vôlei de praia, Jade Barbosa e Sergio Sasaki na ginastica,

    Podem surpreender- Bruno Fratus na nataçao , alguém do boxe, Bimba e Fernanda Oliveira/ Ana Barbachan na vela, Yane Marques no pentatlo, Poliana Okimoto e Ana Marcela na maratona aquática

    ResponderExcluir
  2. É Marcelo, acho que o Niválter pode entrar nessa lista que vc fez. Se as meninas da vela estão, ele também teria de estar
    E não quis discriminar chances de ouro,prata e bronze....Apenas citar medalha mesmo....
    O Bruno Fratus e Sazaki é muito cedo para colocar como suposto medalhista. Minha opinião

    Mas, como disse, sao muitas e muitas discussões sobre isso!
    Abraços Marcelo!

    ResponderExcluir
  3. a natacao ema gua aberta pode ser colocada entre os favoritos e tem o boxe feminino que temos uma campeao mundial, mais sua lista está muito boa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a natação ta muito legallllll.

      Excluir
  4. Al´guem se lembra que cielo e campeao do mundo nos 100m:P

    ResponderExcluir
  5. Ótima análise. Tenho um Blog esportivo e costumo fazer a análise do quadro de medalhas nos ano não olímpicos, as vezes uso criterios um pouco diferentes, mas no geral é parecido. Sobre as chances para Londres, é claro que há muito o que discutir, mas o que voceê escreveu é bem próximo ou igual a realidade.

    ResponderExcluir
  6. Valeu Shallon...Po, não sabia que vc tinha um blog...legal!!

    E quanto a Roseli, ela é campeã mundial da categoria ATÉ 81KG...e a categoria da Olimpíada é até 75kg. Ela é sem dúvida uma candidata ao pódio, mas favorita absoluta ela não é!
    O Cielo é campeão do mundo nos 100m livre, todos nós sabemos do potencial. Mas antes de Pequim,nem ele esperava subir ao pódio na prova.

    ResponderExcluir
  7. Olá guilherme,seu blog é fantástico,parabéns!

    Mas e o Diego Hypólito de invencível no solo a nem ser cogitado para medalha ?? decaiu tanto assim ?

    ResponderExcluir
  8. Tassio, obrigado pelo elogio.

    Coloco o Diego na parte dos "candidatos ao pódio". Poxa, ele se machucou muito sério. No mundial de 2009 ficou em nono. Em 2010, estava machucado. Esse ano, voltou a competir já, mas segue ainda em recuperação.
    Não posso colocar um atleta "incógnita" como favorito a medalha.
    Vamos esperar pela melhora dele para ver o nível que ele volta. Com disse, faltam 400 dias e tudo pode acontecer.
    Torço pelo Diego!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. como que é o nome daquela brasileira do boxe fenimino que ganhou o campeonato mundial?acho que aquela menina vai ficar com o ouro porque abriu o boxe para mulheres

    ResponderExcluir
  10. seu fihlo da puta eu sou argentino

    ResponderExcluir